MyCSSMenu Save Document
Quarta-feira, 16 de Julho de 2008

Muitas pessoas gostavam imenso de ter um cão mas, por diversos motivos, não podem. Outras gostavam de ajudar e mimar um animal e não sabem como. Para esses casos, o apadrinhamento pode ser uma solução.

 

Infelizmente, nem todos os animais que estão no canil da F&B são 'adoptáveis', por motivos variados tais como idade avançada, problemas de saúde complicados, temperamento etc.


Idealmente, gostávamos que todos os animais, sem excepção, tivessem um padrinho ou madrinha. Porém, ficaríamos particularmente satisfeitos se os 'não adoptáveis' tivessem alguém que olhasse por eles e lhes desse carinho.


Em traços largos, o padrinho ou madrinha deve ser alguém que tenha alguma disponibilidade. Sem qualquer obrigação de regularidade, sempre que entender pode e deve visitar o afilhado, inteirar-se das novidades e passar algum tempo com ele. Pode levá-lo a passear, brincar com ele, escová-lo, acompanhá-lo ao veterinário se for necessário, etc. Pode também levar-lhe alguns miminhos, tais como ossos para roer ou um brinquedo, ração ou latinhas, uma cama, mantas, etc. Resumindo: tratá-lo com o carinho e respeito que merece, como se fosse seu.

 

O apadrinhamento implica uma contribuição mensal de 10€, para ajudar ao pagamento das despesas do afilhado. Independentemente de qualquer outro tipo de ajuda que possa ser dada, o mais importante é proporcionar ao afilhado momentos de alegria e carinho, retirando-o, ainda que temporariamente, da monotonia do canil. Far-lhe-á muito bem fisicamente, mas sobretudo psicologicamente.

 

Apadrinhe um animal: para si é um pequeno gesto, para ele significa muito!

 

publicado por Focinhos e Bigodes às 14:48

De propagandaearte a 16 de Julho de 2008 às 22:19
Olá!
Conheci o blog hoje através dos destaques do sapo) e acessei simplesmente porque gosto muito de animais. As fotos me sensibilizaram demais. Elias, Branquinha, Belle , Julieta, Fritz e Bonnie são figuras exemplares de ternura, amabilidade, sinceridade, companheirismo e tantos outros adjetivos que pudermos dar aos nossos grandes amigos, os animais. Porém, o que mais me tocou foi ver o olhar do Clyde . Um cão que, sem dúvida já teve seus dias de glória. Por isso resolvi escrever para vocês. Sou publicitário, dono de uma agência aqui no Rio de Janeiro (basta conferir no meu blog propaganda e arte) e a minha proposta é a seguinte, já que estou a dez mil quilômetros daí. Gostaria que me dissessem se seria interessante a criação de uma campanha completa para rádio, TV , outdoor, internet e mobiliário público falando sobre o serviço prestado pela Focinhos e Bigodes. Eu terei o maior prazer em criar a campanha totalmente de graça para vocês. Penso que este tipo de trabalho que vocês fazem tem que ser muito bem divulgado. Fiquei tocado realmente com as fotos do Clyde ! Para conhecer um pouco do meu trabalho acesse também, além do blog, que fala um pouco sobre mim, o site da TRADE , a minha agência: WWW.TRADEAGENCIA.COM .
Com esta campanha em mãos e uma boa conversa com os dirigentes de alguns veículos de comunicação daí, creio que poderiam conseguir alguns espaços de graça em jornais e etc. e ter um bom resultado. Entrem em contato comigo. Como disse acima, terei muito prazer em fazer este trabalho para vocês.
Fico no aguardo. Um abraço no Clyde !
Marco Aurélio Cidade.


pesquisar
 
Julho 2008
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9


20
21
24
25
26

27
28
29


arquivos
Sites Amigos

Portugal Zoofilo

P. Husky Siberian

blogs SAPO


Universidade de Aveiro